Separação

fim relacionamento

Anúncios

Toca sua vida, toca

 
 
 
 
Toca sua vida, toca.
Esquece as decepções, as mágoas, as puxadas de tapete, as amizades mascaradas, os amores ingratos, os esforços não retribuídos, os afetos não correspondidos.
Toca sua vida, toca.
Pensa nos lugares que ainda tem pra conhecer, nas pessoas que ainda irão lhe fazer e trazer o bem, nas oportunidades muito melhores que ainda estão por vir, nos amigos de verdade que estão ao seu lado desde sempre. Não se prenda a um passado que achando que era bom você não está deixando um futuro melhor surgir.
Toca sua vida, toca.
Porque quando toca sua vida ela mesma se toca e faz o mundo girar. E quando o mundo gira tudo entra no seu lugar.
Quem estava embaixo vai pra cima, quem estava subindo em cima da cabeça dos outros despenca e as peças que estavam fora do lugar se encaixam.
Toca sua vida, toca.
Quando você toca, você sai da toca e é lá fora que a vida realmente acontece. Sai do casulo pra voar, sai do ninho pra viver, sai da toca simplesmente pra tocar. Pra tocar pra fora tudo que não merece ficar, pra espantar pra longe tudo que lhe faz paralisar, pra sacudir ao vento tudo que já virou pó.
Toca sua vida, toca.
Toca sua vida pra trocar de energia, pra mandar embora tudo que não lhe pertence e pra trazer pra perto tudo que sempre será seu. Porque quando você toca sua vida, outras vidas você também toca e até naquelas que você achou que nunca mais ia tocar, você toca, e finalmente aquela vida se toca.
E lembre-se: na engrenagem do mundo apenas as vidas certas você vai tocar, de um jeito ou de outro.
O que você não pode jamais é para de tocar…

 

Quem te merece ?

Quem não te merece simplesmente não te merece. Não merece que sintas nada, que gastes teu preciso tempo pensando na pessoa. Não merece tua tristeza, tua saudade, teu perdão, tua ajuda, tua atenção. 
Quem não te merece não merece ser lembrado, ser desejado, ser amado. 
Quem não te merece teve a chance de te merecer um dia, mas preferiu não te merecer.
Mas quem não te merece um dia vai se arrepender. E vai querer te merecer.  Porém nesse dia não aceitarás que essa pessoa te mereça.
Porque quem não te merece, simplesmente não te merece.

 

O pensamento

Seria bom se pudéssemos controlar o pensamento.  Inclusive o alheio. Sair do pensamento de uns, entrar no de outros…
Porém, se não conseguimos nem controlar os próprios pensamentos, como vamos controlar o dos outros? Não conseguimos deixar de pensar no que queremos e pensar no que devemos. Mas, se pelo menos pudéssemos controlar o dos outros, ah que bom seria!
Bom, se pudéssemos controlar o que pensam os outros, também teríamos os nossos pensamentos controlados. E daí não seriam nossos pensamentos, mas sim o de outro alguém em nossa mente. E assim faríamos a vontade do outro e não a nossa. E controlando o pensamento alheio, o outro também faria nossa vontade.
Seria o caos dos pensamentos, o caos das vontades.
Pensando bem, que bom que eu posso pensar o que quiser, assim como você. Ou será que isso não é bom? Afinal, existem pensamentos que nem sempre a gente controla e isso é uma pena. E que pena que não podemos entrar e sair do pensamento de quem quisermos.
Ah se pudéssemos controlar o pensamento…
Mas já que não podemos, já que eu não posso ler o pensamento de ninguém, me responda:
E você, está pensando em quê agora?

Onde foi que nos perdemos?

Na minha vontade de estar com você
Na sua vontade de fugir de mim
No meu querer fazer tudo certo
No seu querer fazer tudo rápido
No meu desejo de fazer funcionar
No seu medo de dar errado
Na minha visão das suas fraquezas
No seu desgosto de ver os meus defeitos
Na minha aceitação dos seus defeitos
Na sua desilusão de ver que não sou perfeita
No meu otimismo de ver o lado bom
No seu pessimismo de valorizar o lado ruim
Nos meus sonhos não adaptáveis
Nos seus sonhos não formados ainda
No meu amor meio indeciso
No seu amor meio indeciso
Na minha busca por alguém como você
Na sua busca por alguém como eu… 
Você buscou em outras um alguém melhor que eu, mas não achou.
Eu busquei em outros um alguém melhor que você, mas não achei.
Buscamos sempre alguém com medo de que fôssemos o alguém certo, um para o outro. Soubemos um dia que éramos, mas como não somos de acreditar nisso, permitimos que nos perdêssemos um do outro.
Levamos tanto tempo nos procurando, que quando nos achamos, não acreditamos que era possível.
Então vivemos com medo da felicidade. E sufocamos o que sentíamos de alguma forma.
Agora somos dois corações procurando por outros dois corações, talvez como os nossos. E se os encontrarmos, talvez tenhamos os mesmos medos de antes e possivelmente perderemos a oportunidade novamente.

Na verdade agora sei o que procuro, uma vez que a mim mesma já encontrei. Agora você, antes de encontrar alguém como eu, ou alguém melhor que eu, terá algo mais importante para encontrar. Afinal não tem como encontrar um outro alguém antes de encontrar a si mesmo.